Teoria Literária

A teoria Literária tem o propósito de estudar a obra, o autor e todo o contexto de sua produção (cenário político, econômico, movimentos culturais). Este estudo fundamenta as críticas literárias.

Discurso              Corresponde à forma como a história se expressa. O discurso pode ser direto, quando ocorre sem a interferência do narrador, ou indireto, quando o narrador se coloca como intermediário, interferindo na interpretação que o leitor vai fazer. O discurso ainda pode ser indiretolivre, quando há um pouco da fala do personagem, um pouco da interpretação do narrador, para dar mais ênfase ou clareza às falas.

Espaço                  Cenário físico onde ocorre o enredo (uma fazenda, o centro da metrópole, um quarto de pensão).

Estrutura              Toda obra literária é composta por narrador (a quem se atribui a criação do texto e pela narrativa (a história propriamente dita).

Elementos            Um texto não precisa, necessariamente, manter-se fiel à realidade: eles podem ser ficcionais, se parte ou o todo forem inventados, podem ter função estética, quando o artista representa a realidade a partir de sua própria visão, podem ainda apresentar plurissignificação, quando o autor permite (de forma intencional ou não), mais de uma leitura ou interpretação.

Gêneros                 Lírico, Épico, Drama, Ensaio.

Verossimilhança   Atributo que faz a história parecer verdadeira, mesmo que seja impossível no plano real, mas que faça o leitor acreditar nela (é basicamente, a receita de best sellers como Harry Potter, O senhor dos anéis, O código da Vinci).